O Grupo de Medicina e Cirurgia do Pé (Grupo do Pé Adulto) foi um dos primeiros grupos de estudo de especialidade a surgir na antiga Disciplina de Ortopedia e Traumatologia do Departamento de Cirurgia da Escola Paulista de Medicina.

Foi idealizado nos anos 70 e conduzido pelo Prof. Dr. Marino Lazzareschi por alguns anos. Sob a chefia do Prof. Dr. Sérgio Bruschini, iniciou-se o processo de crescimento e divulgação do grupo que, em virtude de seu importante papel assistencial e produção científica, passou a ganhar notoriedade nacional e internacional, consolidando-se como um dos mais importantes do país.

Com a criação do Departamento de Ortopedia e Traumatologia, o Grupo do Pé passou a ser denominado Setor de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé integrando a Disciplina de Ortopedia e Traumatologia.

Durante a chefia do Prof. Dr. Caio Nery, o grupo amadureceu seu espírito acadêmico e inovador, introduzindo novas técnicas no tratamento de afecções do tornozelo e pé incluindo a abordagem artroscópica. Sob a tutela do Prof. Dr. Jorge Mizuzaki, fortaleceu seu caráter promotor de ensino e assistência, solidificando seu Curso de Especialização (R4) e incorporando a responsabilidade de novos serviços hospitalares.

As principais atividades de ensino do Setor de Medicina e Cirurgia do Pé estão concentradas na formação de alunos do terceiro ao sexto anos médicos da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, na especialização dos residentes do segundo e terceiro anos do programa de RM do Departamento de Ortopedia e Traumatolgia, na formação especializada em Medicina e Cirurgia do Pé e Tornozelo (R4) coordenado pela Pró Reitoria de Extensão da UNIFESP, na atenção a alunos visitantes nacionais e internacionais (fellows) e na titulação de seus integrantes.

O curso de formação de Especialista em Pé e Tornozelo (R4) tem duração de um ano e respeita as mais exigentes determinações curriculares impostas pela ABTPé e por entidades internacionais. Desde a sua criação, foi responsável pelo treinamento e pós-graduação de um grande número de Cirurgiões de Pé espalhados pelo país, muitos deles criadores de novos serviços de qualidade.

Os integrantes do grupo sempre foram participativos desde a fundação da Associação Brasileira de Medicina do Tornozelo e Pé tendo ocupado todos os cargos disponíveis nos quadros da associação, até a presidência por duas ocasiões.

Sua produção científica vem se solidificando tanto no cenário nacional quanto no internacional, enfocando em todos os campos da especialidade como tendinopatias, artroscopia, lesões condrais, instabilidade do tornozelo, pé insensível e artroplastia total do tornozelo. Uma característica das novas gerações é a procura do aprimoramento nos maiores e mais importantes centros geradores de conhecimento em todo o mundo.

Nesse ambiente favorável, o Setor de Medicina e Cirurgia do Pé da UNIFESP tem se destacado na participação e coordenação de congressos, cursos e eventos em âmbito internacional em conjunto com os maiores expoentes da especialidade nos quatro continentes.

Além da atividade científica, o grupo se concentra também na assistência e cuidados especializados em Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé no Hospital São Paulo – Universidade Federal de São Paulo, Hospital Estadual de Diadema (OSS-SPDM) e Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya (H. Municipal do Jabaquara). Complementam as funções do grupo a participação em atividades assistenciais e acadêmicas em serviços privados da cidade de São Paulo.

Essa pluralidade permite que possamos dispor de diferentes ambulatórios e centros de estudos, incorporando áreas como pé insensível, pé neurológico, pé reumático, patologia geral, reabilitação e lesões esportivas (atletas e dançarinos), essa última em parceria com o Centro de Traumatologia do Esporte.

Hoje, o Grupo do Pé da Escola Paulista de Medicina mantém seu protagonismo através da combinação da produção científica com a qualidade assistencial, características que se transmitem aos integrantes mais novos.

Entendemos que é dessa maneira que podemos oferecer à sociedade brasileira não só ciência de qualidade e formação de excelentes profissionais, mas principalmente saúde no seu mais alto padrão.

Dr. Nacime Salomão Barbachan Mansur
Chefe do Setor de Cirurgia e Medicina do Pé e Tornozelo
Escola Paulista de Medicina – UNIFESP